sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Natal: Quatro Reações em Mateus 2



Introdução
Jael Eneas de Araujo

UNASP, Hortolândia

Feliz Sábado e Feliz Natal. Que privilégio é viver estas duas experiências cristãs.

Enquanto, a maioria das pessoas se preocupa em comprar presentes, enfeitar árvores, detalhar cardápios, nós, instados pelo Espírito Santo, nos apresentamos a Deus, humildes, para um culto de louvor e adoração.

Que as horas sagradas deste sábado sejam de alegria e de louvor Àquele

• que tudo pode, (porque nos redime do pecado e nos dá vida nova em Cristo);

• que tudo mantém, (porque, além de Criador de todas as coisas, nos mantêm vivos pela força de Seu poder);

• que tudo sustenta, (porque, se aos pássaros não lhes faltam o alimento, quanto mais para você, que é a razão maior do cuidado de Deus, aqui na Terra). Por isso, Feliz Sábado!

Exórdio

Afinal, hoje é quase Natal... Inicio este sermão, afirmando que diante do Natal, as pessoas têm diferentes reações. Isto, talvez porque o Natal, para muitas delas, não passe de um acontecimento histórico, sem nenhum significado pessoal.

O que diz Bíblia a respeito do tema? Que reações tiveram as pessoas quando Jesus nasceu na distante Belém da Judéia?

Vamos ao texto bíblico desta noite. Mateus 2 versos um a doze é o contexto de nossas reflexões. Porém, vamos ler de início somente os versos um e dois:

“Tendo Jesus nascido em Belém da Judéia, em dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém. E eles perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo”.

O texto é instigante. O relato é início de uma grande história. Uma história que começa com uma pergunta. Onde está o Rei dos Judeus? Onde está o Menino-Jesus? Onde está Jesus Cristo, o Salvador dos Homens?

O nascimento de Jesus provoca reações distintas nas pessoas. No caso dos Reis Magos, a reação foi de ver Jesus para oferecer-Lhe os melhores presentes!

Antes que eles fizessem a longa viagem até Jesus, eles conferiram a profecia. O profeta Miquéias disse que Jesus nasceria em Belém, por isso, os Reis Magos eles seguiram a estrela até Belém.

1. Aqui está a primeira reação diante do Natal. Onde está Cristo para que eu possa vê-Lo? Esta é a verdadeira pergunta de 24 de dezembro, véspera de Natal...

2. O desejo de ver Jesus, não nasce sozinho, dentro de nós. Manifesta-se, quando o nascimento de Jesus vai além do simbolismo histórico... para se transformar em tempo de luz, de esperança, e de certeza de vida.

Convido você ara ler o texto bíblico e para juntos identificarmos outras reações de Natal. Mateus capítulo 2 verso 3:

“Tendo ouvido isso, alarmou-se o rei Herodes, e, com ele, toda a cidade de Jerusalém”.

I. Reação 2: ficar perturbado (v. 3)

Ver Jesus, seguramente não era o desejo de Herodes. O poderoso governador romano, diante da pergunta dos Reis Magos: “Onde está Jesus”, ele fica alarmado e confuso. Aliás, em dias modernos, esta pergunta tem deixado milhares pessoas confusas e perturbadas.

O verso 3, registra, que não foi só Herodes quem ficou temeroso, mas, toda a cidade Jerusalém ficou apavorada.

Para os cidadãos belenenses o nascimento de Jesus não foi de boas novas de alegria, mas, em lugar disto, a notícia trouxe infortúnio, pesar e tormento.

Este fato leva-nos a uma questão: Por que, para muitas pessoas, o Natal traz tormento e não a paz? Por que para muitos, o Natal traz angústia, e não a quietude de alma? No caso de Herodes sua aflição tinha uma explicação: Jesus não o seu Rei, e sim, seu rival.
1. O senso de “rivalidade” não só se acentua, em sua mente, mas se torna em obsessão doentia. Quando Jesus, não é o Senhor absoluto de nossas vidas, a mente fica doentia e serva da obsessão.


2. Por isso, Herodes era um descontrolado. Seu governo foi um dos mais violentos da História Romana.


3. Em Jerusalém, todos tinham medo de Herodes. Não era para menos: Herodes, governava sem o respaldo das leis e a revelia das instituições estabelecidas.


4. Seus decretos reais eram decretos de morte. Não raras vezes, os “arautos reais”, uma espécie de jornalistas da época, faziam dos assassinatos nas principais manchetes.


5. Seria um desastre para seu governo, caso o anunciado Príncipe, dito Rei dos Judeus, ganhasse o coração do povo. Usando expressões modernas, outra vez: seu governo perderia “Ibope” e estaria politicamente, arruinado.


B) Veja o que faz uma mente obsessiva e doente: Motivado pelo temor e pelo egoísmo, Herodes mandou matar todos os meninos de 2 anos para baixo, conforme relata o verso 16, do capítulo 2 de Mateus. Isto demonstra, uma vez mais, que ninguém consegue ficar sem reagir diante do Natal. O Natal é um fato, e por isso, necessita de respostas, por parte do homem”.


1. No caso de Herodes, sua resposta foi de ódio e inveja. O Natal para ele era uma afronta, por não permitir que Cristo, fosse, verdadeiramente, o Rei. E por isso, reagiu, mandando matar todos os meninos, com medo de ceder o lugar para Jesus.


2. Este foi um dos últimos atos de violência de Herodes: patrocinar um assassinato em massa, com endosso governamental. Sua morte foi horrível. O mais triste, é que Herodes morreu sem ter dado a Cristo, a primazia do primeiro lugar.


C) O triste, é que ainda hoje, muitas pessoas estão perturbadas com a chegada do Natal. Perdem a oportunidade de ter a Cristo, como o Rei de suas vidas. Iludidas pelo egoísmo e enfeitiçadas pelas coisas temporais deste mundo, se fecham para vida e vivem perturbadas, sem Cristo.


Se porventura, aqui na Igreja, há alguém nesta circunstância, vergado pelo peso da culpa, ou mesmo, perturbado pela angústia, alegre-se, pois a Palavra de Deus, traz uma grande notícia para você. Além de luz, o Natal também é redenção. Basta receber Cristo em seu coração; basta permitir que Ele nasça em sua vida, por obra e intervenção direta do Espírito Santo.


Contar a experiência de Valmir, 15 anos. Nasceu em um lar evangélico, mas, sua vida era um desastre. Entrou para as drogas. Veio para um Internato Adventista. Porém, nunca deu um lugar para Jesus em seu coração. No Natal de 2000, resistiu ao apelo do pastor. Em 2000, morreu na zona leste de São Paulo, com seis tiros fulminantes.


Na vida, todos nós temos oportunidades. E o Natal representa a oportunidade de Deus, para que Cristo possa nascer em nossas vidas. Que resposta tem você para Jesus?


II. A Terceira Reação: Indiferença (vs. 4-5)


“Então, convocando todos os principais sacerdotes e escribas do povo, indagava deles onde o Cristo deveria nascer. Em Belém da Judéia, responderam eles, porque assim está escrito por intermédio do profeta...”


1. Veja, a indiferença é uma das mais terríveis pragas dos tempos modernos. De fato, a Indiferença social, indiferença familiar, principalmente, indiferença espiritual, são marcadas dos tempos atuais.


2. Ainda, perturbado, Herodes reúne a liderança religiosa e pergunta “onde havia de nascer o Cristo”. Os líderes respondem corretamente, porém, mostraram-se indiferentes quanto ao nascimento de Jesus.


3. Aqui se apresenta uma nova lição: Conhecimento de Bíblia, pura e simplesmente, não é sinônimo de salvação. Saber todos os detalhes da profecia, não garante a paz, se não houver busca sincera de Cristo, o Salvador. Caso contrário, a indiferença pode estar ofuscando brilho da cruz.


4. Um detalhe mais: A indiferença não floresce sozinha. O orgulho e a inveja lhes servem como fertilizantes; e o egoísmo, como nutriente.


5. E os resultados, não são flores, são ervas daninhas. Ervas aqui significam “ausência da luz verdadeira”.


6. Quando Jesus, que é a “luz verdadeira, que alumina a todo homem”, deixa de ser a principal presença, todas as nossas ações, também, deixam de ser frutos para honra e glória de Deus.


7. No sábado passado, um grupo de alunos do Restaurante UNASP, Campus Hortolândia, saiu para entregar Cestas de Natal no bairro. Eles organizaram os pacotes usando as mãos e o coração. Com mãos iluminadas carregaram as caixas e fizeram as doações para quarentas crianças. Com o coração cheio de amor, testemunharam de Cristo.


8. Com mãos sensíveis organizaram filas, distribuíram kits e ofereceram esperança. Eles estavam servindo. Suas mãos, no mais humilde gesto, recusavam-se ser indiferentes pelas arredores do IASP.


9. A indiferença não combina com o espírito do Natal. Em última instância, o verdadeiro espírito natalino, se caracteriza pelo clima de cooperação e amor cristão. Em outras palavras, Natal é esperança, solidariedade e gratidão.


10. Entrar com Vídeo Sul-Americano de Natal – Pastor Erton Köhler.


11. Olhem para suas mãos. Nem sempre olhamos para elas. Como são diferentes, uma das outras! Umas são pequenas, grandes, delgadas; outras avermelhadas, úmidas, lisas, ou mesmo ásperas, possivelmente.


12. Diferentes como possam ser, enfim, estas são nossas mãos. Porém, o que jamais elas não podem ser, principalmente neste Natal, mãos atrofiadas pelo egoísmo, ou mirradas pela indiferença. O mundo espera por nossas mãos!


13. Todavia, muito mais do que “mãos”, Jesus quer o nosso coração. Não um coração ressequido pela indiferença, mas, sensível ao seu Amor; não atrofiado pelas coisas deste mundo, mas, iluminado por Sua graça redentora. E só Jesus pode fazer por você, porque Ele é a Luz do Mundo; porque só Jesus pode iluminar, aquecer, dirigir e transformar sua vida. Não faça como os líderes religiosos, do tempo de Herodes, vencidos pela indiferença, perderam a grande chance de ser iluminados e transformados por Jesus.


III. Porém, o texto bíblico apresenta uma quarta reação, registrada em São Mateus 2: 11, onde está o nosso maior exemplo.


1. “Entrando na casa, os Reis Magos viram o menino com Maria, sua mãe, e prostrando-se, o adoraram. Então, abrindo os seus tesouros, lhe apresentaram suas dádivas: ouro, incenso e mirra”.


2. Verdadeiramente, o espírito do Natal, não pode se resumir em lojas cheias e shoppings lotados. Aliás, quero fazer uma constatação: Como está bonita a Avenida Paulista, em São Paulo. Como são bonitos aqueles enfeites e arranjos natalinos!


3. Em outros pontos da cidade, pode-se ver os multicoloridos jardins das casas, que no piscar das lâmpadas, estão desejando às pessoas “Feliz Natal e Próspero Ano Novo”;


4. E as árvores do IASP, como estão bonitas com seus troncos entrelaçados por luzes e abraçados por minúsculas lâmpadas. Porém, estas pequenas e diminutas lâmpadas não são permanentes. Desligadas da fonte de energia, elas se apagam. E o que era iluminado torna-se trevas.


5. O Natal, sem a presença de Cristo, é um Natal escuro, frio e sem significado. O verdadeiro sentido do Natal, está na presença de Jesus. Por isso, os magos se ajoelharam, adoraram e ofereceram presentes.


6. Natal não é enfeite, nem tão pouco, brinquedos, doce ou roupa nova. Natal, também, não são os sugestivos outdoors anunciando novos produtos, e nem, a troca simples de cartões sociais. Natal é Jesus nascendo na vida das pessoas. Natal é oportunidade para colocar as coisas em ordem, no plano pessoal, em casa, na família.


7. O Natal, se constitui, no tempo especial, em que o Espírito Santo está disposto a agir em nosso favor, para nos levantar da indiferença e destruir a culpa do pecado, que tanto nos enfraquece, a ponto de estarmos frios, insensíveis para coisas espirituais.


8. Os magos ofereceram o melhor que tinham. Após terem se encontrado com Herodes, eles retomaram o caminho, sozinhos, olhando apenas para a grande estrela-guia, que os conduzia. Aqueles que reagem com indiferença, não podem se beneficiar da grande estrela-guia, que é a graça redentora de Nosso Senhor Jesus Cristo. Que resposta tem você para dar, hoje, na véspera do Natal?


9. Por isso, a mensagem do anjo do Senhor, aos humildes pastores, ainda é a grande notícia para a humanidade: “Não temais. Eu vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo. Na cidade de Davi, vos nasceu hoje, o Salvador, que é Cristo, o Senhor”.


10. Não foi sem motivos, que o Espírito Santo nos trouxe aqui, uma vez mais. Tudo foi preparado para que pudéssemos dar uma resposta para Jesus.


11. História da Ilma de Jesus. (Ela vai nascer para Cristo, no Natal de 24 de dezembro de 2011, no IASP)


12. Porém, há muitas ovelhas, que ainda se preparam para o batismo. Nos últimos apelos, vi muitas pessoas, vindo à frente, dando uma resposta positiva a Jesus. Por ventura, há na Igreja, alguém que sente que é preciso, fazer algo mais no plano espiritual? Quer você, aproveitar a oportunidade do Natal, dizer para Jesus, aqui está o meu coração; aqui está a minha vida; quero ser Teu inteiramente; quero experimentar o batismo, para honra e glória de Seu nome.


13. Os magos ofereceram o melhor que tinham: ofereceram ouro, como o mais nobre dos metais. Devemos oferecer a Deus, aquilo que é mais precioso: o nosso coração. Ofereceram também, incenso, simbolizando o sacrifício.


14. Uma decisão destas, não se faz sem sacrifício. É preciso abrir mão de muitas coisas, mas lembre-se, Jesus sacrificou-se até a morte de cruz. E ainda, ofereceram mirra, uma fina e aromática resina. Somente com Cristo entronizado na vida e no coração, é possível ter-se o perfume de Cristo. Ter a mente de Cristo, o sentimento de Cristo, e o perfume de Cristo, é uma realidade que você pode ter agora, pelo poder do Espírito Santo.


15. Convidar à frente pessoas que se preparam para o batismo.
16. Convidar as pessoas que se batizaram neste ano.
17. Convidar as pessoas que querem fazer um novo pacto com Deus.
18. Convidar a liderança e a irmandade em geral.
19. Música Especial de Apelo.
20. Oração de Dedicação e Entrega.


Jael Eneas
Campus Universitário
UNASP, Hortolândia, SP
23 de dezembro de 2011

terça-feira, 2 de agosto de 2011

TV Globo noticiou alerta das Escolas Adventistas sobre bullying

São Paulo, SP ... [News] Na edição do Bom Dia São Paulo, a TV Globo divulgou o alerta que a Rede de Educação Adventista faz sobre o "Bullying". O televisivo foi ao ar na terça, 2 de agosto. Clique. Curta. Divulgue . http://t.co/KQTZi7J

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Pastores iniciam mestrado com novidades

Engenheiro Coelho, SP ... [ASN] Sob frio de oito graus Celsius, 123 pastores e líderes da Igreja Adventista tiveram a 2ª aula do Mestrado em Teologia, oitava turma em 30 anos de existência, dia 29 de junho. A abertura aconteceu no dia anterior, quando o reitor do UNASP, professor Euler Bahia relembrou a história da formação teológica dos adventistas em território nacional. O pastor Alberto Timm, reitor do Seminário Latino Americano de Teologia (SALT), com sede em Brasília, DF, enviou saudações direto da Faculdade Adventista da Bahia (IAENE), Cachoeira, BA, onde ele ministra aulas para o Curso de Mestrado para pastores das regiões noroeste, norte e nordeste do país.

A novidade na turma de São Paulo é o novo regimento que permite ao pastor com teológico convalidado pelo MEC, receber titulação de mestre com dissertação (SALT) e especialista pós-graduado lato sensu (UNASP) nas áreas da teologia aplicada, bíblica e histórico-teológica. É requerido, também, conhecimentos em hebraico, grego bíblico e inglês instrumental. Outra novidade é a participação de 2 pastores do Chile entre colegas das regiões centro-oeste, este, sudeste e sul do Brasil, cuja formatura está prevista para 2014.

Durante a abertura, os líderes da Faculdade Adventista de Teologia (FAT) deram informações importantes. Depois que o diretor, pastor Emilson dos Reis, repassou as orientações gerais, o diretor da pósgraduação, pastor Roberto Pereyra apresentou dados estatísticos. Na América do Sul, de 1981 até hoje, 814 pastores receberam títulos de mestres e 41 defenderam teses doutorais. Na culto da sexta, 1º de julho, os mestrandos da oitava turma vão dedicar-se ao estudo o documento “Reforma, Reavivamento, Discipulado e Evangelismo”, como ênfase do curso.

No primeiro módulo, os alunos terão aulas com Berndt Wolter (Liderança e Administração Eclesiástica), Reinaldo Siqueira (Exegese do Antigo Testamento), Roberto Pereyra (Teologia da Revelação) e Ozeas Moura (O Ser de Deus e a Trindade). A segunda aula do módulo foi muito participativa. A medida em que os temas “Perfis e Personalidades” e “Ministério Focado em Dons Espirituais” eram expostos, os pastores traziam contribuições da experiência vivida em diversas regiões do Brasil. Um detalhe: a música da Aula Magna foi conduzida pelo Vocal Livre, onde uma das composições foi do jovem aluno de graduação em teologia, Pedro Valença [Equipe ASN, Jael Eneas]

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Boletim destaca participação do IASP na SuperMissão

Hortolândia, SP ... [ASN] Em tempo de "SuperMissão Sorocaba", o IASP recebe no sábado 25 de junho, o pastor Alejandro Bullón para pregar nos cultos das 8h e 10h40. Abaixo, seguem as informações da Pastoral do Campus conforme publicado no Boletim da Igreja.

CLIMA MISSIONÁRIO DO CAMPUS
Terminaram as aulas, mas não o clima missionário. Faz parte do DNA do IASP servir. A motivação vem do Espírito de Profecia: “O Senhor designou os jovens para serem Sua mão auxiliadora” (Testemunhos Seletos, vol. 3, pág. 104).

MÃOS NA SUPER MISSÃO
A Equipe do IASP viajou para a Super Missão Sorocaba com 26 alunos do Ensino Superior, 3 da Educação Básica, 2 Professores e o pastor Adalton Martins, capelão, como coordenador. Também participa o Coral Jovem no louvor com Laura Morena, Tatiana Costa, Robson Fonseca, Rafaela Pinho, Ronaldo Fagundes, entre outros.

MÃOS QUE RECICLAM
O Projeto Reciclar é uma das atividades da Super Missão. Com a venda de 80 Kg de ferro, 77 Kg de papelão e 26 Kg de alumínio (proveniente das latinhas) o IASP levantou dinheiro para ajudar na compra de uma ambulância nova para o Hospital do Câncer Infantil. Muito Obrigado a todos que participaram.

MÃOS DE BÊNÇÃOS
No sábado passado o GAME (Grêmio de Aspirantes ao Ministério Evangélico) visitou 50 interessados que resultaram da Semana Santa realizada no Jardim Brasil, antigo Sítio São João. A equipe de visitação foi composta por oito alunos coordenados pelo professor Levi Morgan, diretor missionário da Igreja. Se você deseja participar na equipe de estudos bíblicos, por favor, procure a Pastoral do Campus ou a Secretaria da Igreja.

MÃOS EM IARAS, SP
Trocar as férias por um Projeto Missionário em Iaras, SP, é o que dezesseis alunos farão de 2 a 17 de julho. Os “Calebes” começaram na Bahia com 500 jovens e hoje somam mais de 40 mil na América do Sul. O principal objetivo da “Moçada IASP” é ajudar no “Plantio de uma Igreja” na cidade.

MÃOS PARA SERVIR
Em decisão dos próprios alunos e de seus respectivos pais, dez alunos da Educação Básica decidiram participar do “Calebe em Iguape”. A primeira parte das férias eles passarão com as famílias e depois vão evangelizar Rocio, no Vale do Ribeira. Na bagagem, eles levam livros, folhetos e pesquisa bíblica.

MÃOS QUE SE LEVANTAM
Cinco alunos do Curso de Pedagogia e cinco da Educação Física se levantaram para atuar na comunidade indígena dos “Apinajés”. Eles viajarão amanhã, 26 de junho, e se envolverão em atividades comunitárias e espirituais até 3 de julho. Uma curiosidade: a presença feminina é 60% do total da equipe. Parabéns às mulheres pela paixão missionária!

MÃOS NA BÍBLIA
O Projeto “IASP Rumo a Lima” está a todo vapor. Fizeram a prova eliminatória quatro alunos do curso superior e um do pré-universitário. No próximo boletim, sairá o nome do vencedor da instituição que irá concorrer com os representantes regionais, estaduais, nacionais e sul-americano. Aguarde.

MÃOS DE ESPERANÇA
A distribuição de 4 mil livros na cidade de Indaiatuba, SP, berço do adventismo no Estado de São Paulo, terá a participação do IASP. Em agosto, o pastor Ari Cidral, evangelista da região sudoeste (APSo), se une aos alunos de teologia do UNASP para o evangelismo Indaiatuba. A distribuição acontece no sábado, 28 de agosto. Prepare-se!

MÃOS NO ARADO
Sábado, 18 de junho, nasceu em Alexandrita, MG, cidade sem presença adventista, o núcleo da futura Igreja Adventista. O milagre é fruto do batismo da família Nunes de Oliveira, cuja filha Jéssica, a segunda filha do casal Rozemeire e José Olindo, é aluna aqui no Curso de Administração. O IASP participou do marco histórico junto com o pastor Elizeu Lira, distrital em Frutal, MG.

MÃOS PARA PLANTAR
O Jardim Minda é um bairro próximo ao IASP sem a presença adventista. A partir de agosto, o desafio será (1) transferir adventistas residentes para um salão, (2) levantar interessados em estudar a Bíblia, (3) iniciar projetos de ação comunitária, (4) implantar “Noites de Esperança”.

MÃOS QUE LOUVAM
Que nossas mãos se levantem em honra e glórias a Deus pela ação do Espírito Santo. Ele nos une em Esperança.

SIGA A PASTORAL
a) Twitter: @JaelEneas

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Universitários pegam estrada para Super Missão

Hortolândia, SP ... [ASN] Com 42% de alunos do curso de pedagogia, o IASP pega estrada rumo a Sorocaba. A equipe viaja com 29 alunos e 2 professores e o capelão da Educação Básica, pastor Adalton Martins Ferreira, coordenador do grupo. Entre os alunos, a mascote de 13 anos, Everly Ferreira, aluna do 7o. ano. Na sexta, 24, viaja o Coral Jovem do IASP que se une a Laura Morena, Tatiana Costa, Robson Fonseca, Rafaela Pinho, Ronaldo Fagundes, entre outros, para o louvor e adoração.

Antes de sair, o capelão deu as últimas orientações, afirmando que participar do evento é se "preparar para a maior missão: abreviar a Volta de Cristo". Uma das diretoras do Ministério Jovem do Internato, a formanda em pedagogia Tamirys Vaz se emocionou ao dizer: "somos privilegiados em participar do projeto vai marcar a vida de milhares de pessoas". O evento reúne 2 mil jovens adventistas do sudoeste paulista em ação comunitária inédita na região [Equipe ASN, Jael Eneas]

Além do ânimo e entusiasmo, a Equipe IASP leva colchões, bandeiras, faixas e materiais de apoio para  a Super Missão. O projeto reúne 2 mil jovens do sudoeste paulista em ação comunitária na cidade Sorocaba, SP, com 600 mil habitantes.


O capelão Adalton Martins disse: "participar da Super Missão Sorocaba é abreviar a Volta de Cristo".

Pontualmente às 13h15m, a Equipe IASP orou: "Senhor, proteja-nos ao enviar Teu Espírito para darmos firme testemunho da cruz". Participam 26 alunos do ensino superior, 3 da educação básica, 2 professores e um pastor.

Alunos participam da 4a. fase do Bom de Bíblia


Hortolândia, SP .. [ASN] Em clima de "Super Missão Sorocaba", cinco alunos finalistas do Concuso Universitário Sul-Americano "Bom de Bíblia", participam da 4a. fase, a última no nível local. Empatados em primeiro lugar, concorrem Cleiton Belotto e Kátia Silvério, ambos do curso de Educação Física do IASP/UNASP Hortolândia. A prova se iniciou às 11h10, portanto, duas horas antes que a Equipe Universitária viajassem para Sorocaba, que de 23 a 26 de junho está sendo considerada "Capital Adventista do Serviço Voluntário".

O certame teve início em fevereiro quando treze alunos participaram do lançamento do concurso. O projeto visa incentivar o estudo diário da Bíblia entre alunos do curso superior e pré-universitários em oito paises da América do Sul. Para a prova final IASP, credenciaram-se Paola Victória Nascimento (2o. lugar, pré-universitária); Lucas Koji Sasaki (3o. lugar, pré-universitário); Cláudia Santos Lima (4o. lugar, pedagogia); e Sérgio Barbosa Alves (5o. lugar, sistema de informação).

O vencedor IASP segue para a 5a. fase, a ser realizada na primeira semana de agosto, no regresso das aulas. Ao concluir o horário de provas, a equipe almoça e entra no ônibus rumo a Sorocaba, SP, para participar da "Super Missão", projeto que envolve 2 mil jovens do sudoeste paulista. [Equipe ASN, Jael Eneas]

Feriadão transforma Sorocaba na capital do serviço


Sorocaba, SP ... [ASN] Dois mil jovens usam o feriadão de Corpus Cristi para transformar Sorocaba, com 600 mil habitantes no interior paulista e microrregião de 14 municípios e 1,3 milhões de habitantes, na capital do serviço comunitário. Participam da ofesiva, 32 universitários do IASP/UNASP Hortolândia dos cursos de pedagogia, educação física, sistemas de informação e administração. No Estado de São Paulo, os Jovens Adventistas usam o feriado para acampar em Itaipava e Salesópolis.

Em Sorocaba, o evento está sendo conhecido pela mídia como "Super Missão: Conhecer, Amar e Servir". A programação se inicia hoje, quinta, 23 de junho, às 19h30 no Estádio Municipal de Sorocaba. Veja os projetos em que o IASP participa:


SUPERMISSÃO
DELEGAÇÃOIASP
GUIAGABRIEL F. T. LOUSAN
HOSPEDAGEM - ESCOLA 1
Escola:Escola Municipal Doutor Achilles de Almeida
Endereço: Rua Manoel Lopes, 250, Além Ponte - Sorocaba
RESTAURANTE TEMPERO MANERO - 11h às 14:30h (ALMOÇO)
Endereço: R. Santa Clara, 320 – Centro
SEXTA-FEIRA (24/06) - PROJETOS
Horário:9:30h - 12hMissão Adote o Verde
Local:Av. Três de Março (na altura do nº 770)
Referencia: Ao lado do Condomínio Lago da Boa Vista
SÁBADO (25/06) - PROJETOS
Horário:9:30hMissão Temperança
Local:Praça Castro Alves – Vergueiro (próx. a Rodoviária: Av. Cdor. Pereira Inácio)
Missão Vida por Vidas - Missão Galera da MedulaHorário:10h - 11h
Local:Hemonúcleo de Sorocaba - Av. Comendador Pereira Inácio, 564 - Vergueiro
Horário:14hMissão Folhas de Outono
Local:IASD Sorocaba Central
Rua Senador Vergueiro, 146 - Vergueiro - Sorocaba, SP
DOMINGO (26/06) - PROJETOS
A delegação poderá escolher em quais projetos participar:
Missão Louvor: Praça do Campolim Horário: 11h - 12h
Missão Casa Aberta: Estádio Municipal de Sorocaba - CIC
ENDEREÇOS SEMINÁRIOS:
Seminário 1 - IASD Sorocaba Central
Rua Senador Vergueiro, 146 - Vergueiro - 18055-120 - Sorocaba, SP
Seminário 2 - IASD Cerrado
Rua Caetano Ferraz Martins, 206- Jd. São Caetano - 18055-120 - Sorocaba, SP
Seminário 3 - IASD Votorantim
Rua Mauricio Fomia, 77 - Pq. Bela Vista - 18110-000 - Votorantim, SP
Seminário 4 - IASD CAS
Rua Carlos Lombardi, 180 - Jd. Guadalajara - 18046-290 - Sorocaba, SP
TURISMO - SUGESTÃO

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Zoológico recebe Classe Bíblica para estudar criacionismo


Americana, SP ... [ASN] O Parque Ecológico de Americana (PEMA), inaugurado em 1984 e conhecido pelas crianças como “Zoológico”, recebeu 102 alunos da Classe Bíblica “Amigos da Bíblia” do IASPINHO, no domingo 12 de junho. Durante a visita intercalada por atividades dirigidas, os alunos tiveram aulas sobre a “Criação”. O projeto incentiva o estudo da Bíblia em ambientes alternativos como zoológicos e planetários. Ao todo são três classes semanais com 175 alunos, cujo objetivo central é o preparo para a “Festa ou Batismo da Primavera”, coordenado pelo IASP/UNASP Hortolândia.

A partir da estrutura do PEMA que tem 500 animais em cativeiro para educação ambiental, sendo 80% pertencentes à fauna brasileira, as crianças puderam estabelecer o dia em que cada bicho ou planta foram criados por Deus. A visita se iniciou com a formação de equipes com as tarefas específicas. Entre elas, os alunos de 4º e 5º anos, teriam que gravar imagens das espécies ou anotar características distintas, reconhecendo se répteis, aves ou mamíferos, de cem espécimes sob cuidados do Parque. Havia papéis coloridos com o esboço da pesquisa.

O mascote “Ninho” fez apresentação dos desafios iniciais com base no relato bíblico das origens descritas no livro de Gênesis. Entre os animais que mais chamaram atenção da criançada foram os grandes mamíferos como leão (que dormia, enquanto a leoa se espreguiçava ao sol), a girafa (que se escondia em sua casa de teto de 10 metros de altura) e a onça pintada chamada “Tieta” (que veio “cumprimentar” os alunos na cerca de proteção!).

A visita se encerrou com reflexão sobre o poder criador de Deus no bosque local, com os alunos falando sobre o que viram, relacionando tudo com o texto bíblico. Para as professoras que acompanharam as crianças, Luciene Rodrigues (4º ano) e Mathiely Abreu (3º ano) a visita “dá mais sentido ao estudo da Bíblia”, disseram. A opinião das professoras Lucy Ângela Moraes (5º ano) e Zilda Geneinder Oliveira (2º ano) é idêntica e avisam: “A próxima atividade será no planetário”. Segundo o diretor do IASPINHO, Márcio Rocha, a “Festa da Primavera” está programada para outubro. “Nesta ocasião o IASP completa 62 anos de existência” adianta [Equipe ASN, Jael Eneas].

Alunos de três classes bíblicas do IASPINHO dedicaram o domingo para ver "in loco" como Deus tudo criou, no Parque Ecológico de Americana, 12 de junho.

Cento e dois alunos estudaram sobre o criacionismo ao visitar cerca de 200 espécies no Parque Ecológico de Americana, SP, como parte dos estudos bíblicos da Classe "Amigos da Bíblia", do IASPINHO.

As Classes Bíblicas fazem parte do preparo dos alunos de 4o. e 5o. ano para a Festa da Primavera, também conhecida como Batismo da Primavera, prevista para outubro deste ano.

sábado, 11 de junho de 2011

Decisão de aluna leva família se batizar e abrir igreja

Hortolândia, SP ... [ASN] Jéssica Nunes de Oliveira, 17, paulista de Jales, faz a “Igrejinha” erguida por 4 mil pastores no histórico Concílio Ministerial Sul-Americano, em Foz de Iguaçu, PR, brilhar novamente. Ao chegar ao IASP para cursar administração, Jéssica conheceu amigos e entrou para o Coral de Libras. Porém, foi a amizade e o estudo da Bíblia que a levaram a decidir-se pelo batismo. O que ela não sabia, que sua família (José Lindo, pai, Rosemeire, mãe, e os irmãos Geisa e Joilson) viajariam 590 Km para lhe fazer uma surpresa: serem também batizados, evento que aconteceu sábado, 11 de junho, no campus universitário do IASP/UNASP Hortolândia.

Como a família, dona do principal mercado da cidade, decidiu fechar o comércio durante o sábado, um ônibus foi alugado para trazer amigos de Alexandrita (MG) e Monte Alto (SP) que fizeram questão de acompanhar o batismo. Após a cerimônia realizada pelos pastores Adalton Martins e Jael Eneas, o comerciante José Lindo surpreende 1,2 mil pessoas ao declarar: “vamos ceder nossa casa para implantar uma igreja. Nossa cidade não tem presença adventista”.

Avisado, o obreiro bíblico Ideraldo Souza, de Iturama, MG, viajou para o IASP com intuito de acompanhar o evento e acertar detalhes da primeira escola sabatina, a ser aberta no dia 18 de junho. Neste sábado, uma equipe de pastores, alunos e músicos do IASP se unirá ao pastor distrital de Frutal, MG, Elizeu Lira, para organizar um Pequeno Grupo, o núcleo adventista da futura Igreja em Alexandrita, MG. Na vizinha Iturama, MG, existem 22 adventistas que também participarão deste momento singular para o Projeto Plantar Igrejas. Só no Estado de São Paulo, a iniciativa pretende abrir 513 igrejas até 2015 em cidades sem presença adventista.

O culto terminou com os recém-batizados desfilando com miniaturas de igrejas às mãos e Kits do Novo Membro que inclui a Revista “Vida Nova”, publicação destinada àqueles que são recebidos na comunidade de fé adventista. O Coral Jovem cantou “Tenho Esperança", composição de Samuel Krähenbühl, e o maestro Wanderson Paiva dirigiu a congregação no hino “Vamos dar a Mensagem ao Mundo”.

O líder do Ministério de Mordomia Cristã da Região Sul de São Paulo, pastor Mauro Cardoso, que dirige a Semana de Fidelidade local considerou que “dar testemunho da cruz é reafirmar o compromisso com Deus”. Para o diretor geral do IASP, pastor Alacy Barbosa grandes coisas vão acontecer nestes últimos dias. “Para tanto, é preciso rogar pelo poder do Espírito Santo para pregar e viver o evangelho” [Equipe ASN, Jael Eneas].

O comerciante José Lindo, a filha Jéssica, aluna do curso de administração do IASP/UNASP Hortolândia e o obreiro bíblico Ideraldo Souza, saem com “miniaturas” para plantar igrejas em Alexandrita, MG, cidade sem presença adventista na divisa com o Estado de São Paulo. No destaque, Jéssica segura uma das "Igrejinhas", que 4 mil pastores ergueram no encerramento do Concílio Ministerial Sul-Americano, em Foz de Iguaçu, PR.

No tanque, a família Nunes Oliveira que decidiu batizar-se após a filha anunciar seu batismo. A cerimônia foi realizada pelos pastores Adalton Martins e Jael Eneas, da Pastoral do Campus Hortolândia do IASP/UNASP.

A família Nunes de Oliveira se emociona após ter tomado a decisão de fechar o principal comércio de Alexandrita, MG, no dia de sábado. O fato apressou o batismo na Igreja do IASP, junto com a filha Jéssica, de 17 anos.

O diretor geral do IASP, pastor Alacy Barbosa (7o. da esq. p/ dir) disse que "grandes coisas vão acontecer nestes últimos dias. Para tanto, é preciso rogar pelo poder do Espírito Santo para pregar e viver o evangelho”.


A Orquestra e o Coral Jovem do IASP participaram da Festa Bastimal interpretando "Abertura" de Haendel e "Tenho Esperança", composição de Samuel Krähenbühl.

sábado, 28 de maio de 2011

Pastores cantam a capela "Prece de Gratidão"

Foz de Iguaçu, PR ... [ASN] Cantando somente com vozes sem acompanhamento, pastores do Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Peru, Chile e Equador adoram com o hino "Prece de Gratidão", no culto de encerramento do 1o. Concílio Ministerial em Foz de Iguaçu, 28 de maio [Equipe ASN, Jael Eneas].

Quatro mil pastores cantam "Fixa Teus Olhos no Mestre"

Foz de Iguaçu, PR ... [ASN] No encerramento do 1o. Concílio Ministerial da Igreja Adventista na América do Sul, quatro mil pastores cantam "Fixa Teus Olhos no Mestre", sábado, 28 de maio, em Foz de Iguaçu, PR.

Novidades nos stands atraíram milhares de pastores

Foz de Iguaçu, PR ... [ASN] Livros inéditos, fantoches e brindes movimentaram os stands em quatro dias de concílio ministerial, de 24 a 28 de maio. Além de materiais, os pastores procuravam por serviços, informou o vice-diretor financeiro da ARM Sul América, Agnaldo Pacheco, uma instituição adventista que gerencia riscos e oferece apólice de seguro as igrejas. No stand da Produtora Novo Tempo, Daniela Torquato, supervisora de vendas, relatou que lançamentos infantis foram os mais procurados. “O estoque acabou e tivemos que buscar mais em São Paulo”, disse.

Na sexta, 27, foi registrado o maior movimento. Promoções sem avisar pelas duas editoras adventistas no continente sul-americano, a Casa Publicadora Brasileira – CPB (Brasil) e Associação Casa Editora Sul-Americana – ACES (Argentina), fecharam os espaços. A ansiedade maior era para conhecer o lançamento do “Tratado de Teologia”, volume 8, a mais exaustiva análise das doutrinas adventistas.

Na opinião do doutor em teologia José Calixto, pastor distrital em Nilópolis, RJ, a obra será “relevante por democratizar a pesquisa ao maior número de pessoas em língua portuguesa”. Além disso, contrapôs o doutorando em teologia e distrital de São João da Boa Vista, SP, Antonio Pires, ao “fortalecer a herança doutrinária, origem e destino da igreja será mais clara para os membros”, disse. Para o redator chefe da ACES, Marcos Blanco, o livro em espanhol atenderá sete países. “Além disso, vai oferecer solidez teológica”, disse. O capelão Néstor Omán, do Colégio Adventista de Balcarce, Buenos Aires, justifica: “é o mais completo e profundo livro porque esclarece pontos chaves das crenças distintivas”, pontua.

Os stands dos hospitais e centros de saúde também agradaram os participantes do 1º. Concílio Ministerial da Igreja Adventista na América do Sul. Ingrid Müller do Centro de Vida Saudável da Argentina, com 28 anos de existência, distribuía folders destacando os oito remédios da natureza: água, sol, alimentos saudáveis, exercício físico, descanso, ar puro, temperança e confiança em Deus.

O doutorando em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo, Carlos Teixeira, professor do UNASP, afirmou “cuidar da saúde é viver na pele o cristianismo”. Neste instante, Jaime Wolff, pastor e psicólogo no Colégio Adventista em Embu das Artes, na região sul de São Paulo, lembrou seu professor de teologia Gerson Pires de Araujo na disciplina Princípios de Saúde: “se você não bebeu água, então, você já está doente”, brincou.

No final da manhã de sexta, 27, dois pastores que atuam em regiões indígenas na Amazônia brasileira se mostravam felizes. Arnulfo Alipez, de Pacaraima, RR, 10 igrejas e 705 membros, e David Silva, de Rorainópolis, 17 igrejas e 1,2 mil adventistas. Eles carregavam folders e novidades. Alipez terá que fazer adaptações nos materiais porque algumas de suas igrejas falam dialetos como Taorepan e Macuxi. Os desafios de Silva são também enormes, pois ele tem que atravessar a reserva indígena de Way-mirim Atoary, na divisa com Amazonas e Roraima, para compartilhar as novidades com os membros.

Para o diretor de vendas da CPB, João Vicente Pereyra, a maior satisfação dos expositores é “sentirem-se úteis ao apoiar o ministério na linha de frente”. A poucos metros dos stands da editora brasileira, três pastores hispanos levavam os últimos fantoches coloridos. Isaac Mansilla Fernádez, evangelista no Peru (região norte), Miguel Contreras Bernui, professor de teologia na Universidade Adventista em Lima e Enzo Chávez, presidente no Peru (região centro oeste) disseram que os bonecos de pano seriam usados no evangelismo infantil. Os pastores comentavam a uma só voz que a exposição foi uma bênção [Equipe ASN, Jael Eneas]

"Sem cruz, não há missão", pregou Dwight Nelson

Foz de Iguaçu, PR ... [ASN] O sermão de Dwight Nelson levou quatro mil pastores ao encontro da cruz. Na pregação sobre os dois brados de Cristo no Gólgota, registrado em Mateus 27, Nelson pregou “sem cruz, não há missão. Sem cruz, não há reavivamento. O cumprimento da missão passa primeiro pela cruz”. O culto encerrou as atividades da sexta, 27.

Depois de criar vários quadros do sofrimento de Cristo, o pregador sentenciou: “Jesus morreu não só pelos pecados da humanidade, mas, morreu pela malignidade de seu pecado, no singular”. Textos bíblicos de Isaías, João e a segunda carta de Paulo aos Coríntios foram lidos para demonstrar que foi “o pecado” que rompeu o coração de Cristo. E perguntou: “Qual é o pecado que tem quebrantado o coração de Deus?”. E completou: “Talvez o maior pecado seja seu coração não quebrantado diante da cruz”, enfatizou.

Dwight também demonstrou que Cristo deixou os céus, abdicou a glória junto ao Pai, e, por fim, Ele abandonou sua posição no trono do universo. Cristo deixou tudo isto em favor da missão, “sofreu e chorou sozinho, quebrantando seu coração para que eu morra e viva da mesma maneira”, exortou.

Quando o pregador declarou que o “amor de Cristo nos compele para missão”, os pastores foram desafiados a reler o livro “Caminho a Cristo”, Ellen White. “Deus providenciou um sacrifício em Jesus, com seu coração quebrantado, para que você seja reavivado para a missão. Pastores, antes que o sábado comece, venham orar ao pé da cruz” [Equipe ASN, Jael Eneas]

sexta-feira, 27 de maio de 2011

"Arautos do Rei" (Anos 90) canta no corredor

Foz de Iguaçu, PR...Um piano no corredor, integrantes dos Arautos do Rei anos 90-91, saindo do almoço e Jader Santos, o compositor. Esta foi a coincidência que fez o quarteto se reunir para recordar hinos de vinte anos atrás. Dezenas de pastores pararam a porta do refeitório no Centro de Convenções, sexta, 27 de maio, para ouvir os hinos como sobremesa.

No flagrante, Erlo Braun, Josué Castro, Dermival dos Reis e Fernando Iglesias. Ao piano, Jader Santos, atualmente no UNASP, Campus Engenheiro Coelho, SP [Jael Eneas]

terça-feira, 24 de maio de 2011

Pastores aguardam com ansiedade abertura do Concílio

Foz de Iguaçu, PR ... [ASN] A poucas horas de iniciar o 1º. Concílio Ministerial Sul-Americano, o clima é de efervescência. Pastores, teólogos, administradores e capelães vindos do Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai se unem aos palestrantes e líderes mundiais que chegam dos Estados Unidos. A presença feminina é destaque entre as secretárias, líderes de educação, ministérios da mulher, criança, adolescente e área feminina da associação ministerial no nível regional, sul-americano e mundial. O evento acontece de 24 a 28 de maio em Foz de Iguaçu, PR, e promete traduzir a unidade da Igreja através das cores, idiomas, costumes, compromisso e missão.

O bom gosto marca algumas equipes. Do Rio de Janeiro (região fluminense) cinqüenta pastores são reconhecidos nas ruas da cidade por seus uniformes coloridos. “A oração será o elo motivador de renovação no Espírito”, afirma Paulo Ocimar Borba, líder de educação dessa região. Durante o concílio, os participantes vão orar várias vezes ao dia, distribuídos em 340 grupos de 12 pessoas cada, informa o ministerial associado sul-americano, pastor Marcos Bomfim.

Entre o vai e vem de pessoas, materiais e gente apressada, ouvem-se as palavras “integração”, “arrancada final” e “partilhar experiência”. O presidente da Igreja Adventista no Amapá e parte do Estado do Pará (Baixo Amazonas), Wagner Aragão, que chegou a cidade liderando 71 pastores espera por “reavivamento”. Na opinião do secretário ministerial do Estado de São Paulo, Edilson Valiante, 31 anos de serviço a Igreja, o concílio será o clímax para a “busca do poder”. Opinião endossada pelo professor de teologia Emilson dos Reis, 35 anos de ministério: “unidade para ver Cristo voltar logo”, considerou.

A qualidade dos seminários entusiasma aspirantes e veteranos. O músico e pastor Jader Santos 27 anos de serviço e 15 de Voz da Profecia, diz que “não abre mão da classe de Dwight K. Nelson”, professor e pastor da Universidade Andrews, aliás, uns dos workshops que se esgotaram assim que as inscrições se abriram. Alex Machado, 2 anos de experiência ministerial na região sudoeste paulista, se encanta com Mark Finley, George Knight e Russel Burril. Nomes femininos do calibre de Ella Simons, Janet Page, Linda Mei Lin Koh, Raquel Arrais, Elaine Oliver têm classes concorridas.

Ainda feliz porque o Projeto Reencontro será estendido para toda América do Sul para trazer de volta 70 mil adventistas até o final de 2011, o pastor Udolcy Zukowski, secretário para o Estado de São Paulo, faz uma síntese: “momento único e singular para concluir a missão”. O pastor J.R. Venefrides, líder de jovens na região sudoeste pontua “não quero ser empecilho para o agir do Espírito Santo”. Da região sul de São Paulo, o paraense José Milhomens, 21 anos de ministério e Elias Brenha, 27 de pastorado, dos quais 18 dedicados a liderança jovem, sumariam: “motivação, troca de ideias e maior consagração” [Equipe ASN, Jael Eneas].

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Imagens marcam pré-início do Concílio em Foz de Iguaçu

Foz de Iguaçu, PR ...[ASN] A viagem, a recepção das caravanas e a contagem regressiva para o início do 1o. Concílio Ministerial Sul-Americano da Igreja Adventista tem produzido imagens inusitadas. Veja a seguir:
Dezenas de outdoors "A Esperança Bate a sua Porta" anuncia a projeto da entrega de 36 mil livros missionários "Ainda Existe Esperança", casa por casa em Foz de Iguaçu e Santa Terezinha do Itapú, sábado, 28 de maio.

O taxista chileno de nascimento e paraguaiano por adoção, JaymeTeobaldo Perez, 65, professor da Escola Sabatina na Igreja Central de Foz, se prepara para impactar a cidade com a entrega de 36 mil livros missionários.

Lúcio Acosta (1o. da esq. p/ dir.) trabalha na Ciudade del Leste vendendo varas de pescar. Até os 15 anos, ele participou do Clube de Desbravadores na Igreja Adventista. Na quinta-feira passada, ele ganhou um exemplar do livro missionário e o convite para retornar ao convívio da Igreja por um vendedor que mora em Foz de Iguaçu. "A Esperança Bate a sua Porta" promete impactar a cidade, sábado, 28 de maio.

Parte da caravana do IASP/UNASP Hortolândia embarcando para Foz de Iguaçu, PR, 21 de maio, em São Paulo, SP [Adauto Santos, motorista (abaixado); e os pastores Moisés Sanches Jr., Adalton Ferreira, Narcizo Liedke Filho, Jetro Ortega e Humberto Cézar].

 O amanhecer do domingo, 22, no Km 447 da BR 277, vista da janela do Ônibus 10 da caravana paulista.

Pórtico da cidade de Corbélia, PR, município onde a caravana paulista fez a última parada, antes de chegar a Foz de Iguaçu, PR, 22 de maio.

Vista de oito dos onze ônibus que conduziram 500 pastores adventistas paulistas para o Concílio Ministerial Sul-Americano, estacionados em Corbélia, PR, 22 de maio.

Vista das extensas plantações de milho na BR 277 Km 703, antes da chegada a Foz do Iguaçu, PR.

O secretário ministerial do Estado de São Paulo, pastor Edilson Valiante, confere a listagem de participantes na recepção da caravana paulista em Foz de Iguaçu, PR, 22 de maio. O pastor de camisa alaranjada, é Antonio Braga Filho, líder da Pastoral Universitária do UNASP-SP.


Pastores consultam a lista oficial para identificar o hotel para hospedagem.

Vista parcial da entrada do Auditório onde acontecerá o 1o. Concílio Ministerial em Foz de Iguaçu, PR, de 24 a 28 de maio. 

Materiais e instrumentos musicais são desembarcados vindos de São Paulo (UNASP) para o Concílio Ministerial em Foz de Iguaçu, PR.

Paulistas chegam a Foz de Iguaçu na expectativa de renovação


Foz de Iguaçu, PR ... [ASN] Motivados para plantar 512 novas igrejas até 2015, pastores adventistas do Estado de São Paulo chegam a cidade fronteiriça de Foz de Iguaçu, PR, para participar do 1º. Concílio Ministerial Sul-Americano de 24 a 28 de maio. A expectativa de 510 pastores, capelães e líderes de instituições e sete regiões do Estado é pela busca de renovação espiritual e reavivamento através da oração. O evento espera reunir 4,2 mil pastores de oito países da América do Sul e terá a presença do presidente mundial da Igreja Adventista, pastor Ted Wilson.

As caravanas saíram de pontos estratégicos da capital (zona central, leste e sul) e do interior, Hortolândia (região sudoeste), São José do Rio Preto (oeste), Campinas (central), São José dos Campos (Vale do Paraíba). A logística para atender pastores que moram no trajeto oeste paulista em direção ao norte paranaense foi ir parando em cidades como Lins, Presidente Prudente e Ourinhos, por exemplo. Porém, foi na cidade de Corbélia, PR, que o comboio paulista de 11 ônibus fez a última parada da viagem de 17 horas de duração em média.

Além de malas, os ônibus transportaram equipamentos, materiais e até instrumentos musicais como três tímpanos e caixas de percussão para a Orquestra do Concílio. A música será especial. O maestro Williams Costa Júnior, atual diretor de comunicação da Associação Geral, compôs “Jesus”, um hino inédito a ser cantando durante os momentos devocionais. Um coral de pastores será formado para interpretar “Prece de Gratidão”, cujo kit de vozes já está na internet para facilitar o ensaio geral.

O concílio será histórico devido a ênfase na oração e na comunhão, comentam os participantes paulistas. Para o mineiro Jetro Ortega, 48, professor universitário no UNASP, Campus Hortolândia com 20 anos de ministério, a “inspiração para melhor servir” será seu objetivo durante as reuniões. O assessor espiritual da Reitoria do UNASP, Narcizo Liedke Filho, paulista de 61 anos e 37 de serviço à Igreja, busca por “motivação para a arrancada final”.

No sermão feito pelo presidente sul-americano pastor Erton Köhler, sábado, 21, exortou que para ver Cristo voltar em nossa geração é preciso “buscar poder do Espírito Santo, porque Deus promete coisas maiores”. E, destacou que 9.406 municípios na América do Sul, faltam alcançar 3.159, portanto, 1/3 do território. Segundo o ministerial associado sul-americano, pastor Marcos Bomfim, os pastores foram divididos de forma aleatória em 340 grupos de 12 pessoas para orar várias vezes por dia, “simbolizando os discípulos de Cristo”, ressalta [Equipe ASN, Jael Eneas].

Participantes desembarcam instrumentos musicais a serem usados na Orquestra do Concílio Ministerial: louvor e comunhão.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

TV ASN destaca notícias do Brasil e IASP

video

Direto de Brasília, DF. A TV ASN faz balanço geral do projeto "Amigos da Esperança". No final da reportagem, destaca ações do IASP, o Campus Hortolândia do UNASP.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Professora levou dezesseis famílias para casa

Hortolândia, SP ... [ASN] A professora da educação infantil Tânia Furtado e seu esposo Christian, empresário da área de telecomunicações, ofereceram o “Almoço da Amizade” para 16 famílias não adventistas no dia dos “Amigos da Amizade”, 16 de abril. Dentre elas, seis eram pais e alunos do IASP (UNASP, Hortolândia), onde ela leciona há três anos. O filho do casal, Erick de 9 anos, também colaborou. Ele reuniu as crianças visitantes em seu quarto e liderou a classe “Amiguinhos da Esperança”, contando histórias sobre personagens bíblicos. A mensagem e a oração foram feitas pelo pastor distrital, Moisés Biondo com sua esposa Fernanda, pertencentes a região central de São Paulo (APaC).

Durante o almoço, os Furtados foram mais longe. Eles prepararam camisetas para o evento com a logomarca do projeto sul-americano e presentearam seus convidados com livros missionários que incluiu “O Grande Conflito” de Ellen White, antecipando, assim, a campanha de 2012, quando pela primeira vez a Igreja Adventista fará campanha massiva mundial. “Não foi tarefa fácil preparar o almoço e o programa de recepção”, justificou Tânia. “Por isso, tive ajuda de duas colegas de trabalho, as professoras Andréa e Rosangela, além dos irmãos Luciano e Alessandra do Jardim Indianópolis”, completa.

Segundo o casal, a iniciativa faz parte de um esforço maior chamado “Plantio de Igrejas”. Eles estão empenhados no estabelecimento de uma nova congregação no bairro Maria Rosa, onde se realiza a série de conferências públicas de Semana Santa, na região metropolitana de Campinas. “Vestimos as camisetas para distribuir milhares de folhetos “Amigos da Esperança”, relatam. Em 2011, em todo o Estado de São Paulo serão estabelecidas 140 novas congregações em cidades e bairros sem presença adventista [Equipe ASN, Jael Eneas].
Erick Furtado, 9 anos, aluno do IASP, improvisou em seu próprio quarto a classe “Amiguinhos da Esperança”, 16 de abril.

Christian e Tânia Furtado, de camisetas e mesa repleta de livros missionários, incluindo “O Grande Conflito” que será distribuído de forma massiva pela primeira vez em todo mundo, em 2012.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Avaliação de projeto propõe estratégia para fidelizar amizade

Hortolândia, SP ... [ASN] “Olá, você está entre amigos. Receba este abraço com carinho”. O gesto, símbolo dos “Amigos da Esperança”, marcou o sábado 16 de abril, nas dependências universitárias do IASP, o campus Hortolândia do Centro Universitário Adventista de São Paulo. Em números preliminares, cerca de trezentas e dez pessoas assistiram pela primeira vez um culto na Igreja Adventista. O resultado leva a instituição instalar, a partir da próxima semana, nove classes bíblicas com perfis, dias e horários alternativos para atender a demanda de interessados, em formato que vai do tradicional ao inovador. A parceria será com a Igreja do IASP.

A primeira ação do dia em que envolveu oito países na América do Sul, aconteceu com o batismo de Cátia Astolfi dos Reis, mãe da aluna Júlia do 7º ano, no primeiro culto. “A amizade que encontrei na classe 26 [da escola sabatina] foi determinante”, disse Cátia, ao lado de seu esposo, o fotógrafo Sérgio que a ajudou nos estudos bíblicos. O fator-amizade foi destaque nas ações que se seguiram como no almoço para gestores municipais, nas palestras especiais para casais e no musical de páscoa em superprodução cênica. Um detalhe: quarenta e cinco professores que abriram seus lares escolheram seus convivas a partir de uma lista de amizade entre alunos, pais e colegas não adventistas.

Diante da força dos relacionamentos, as classes bíblicas serão organizadas por segmentos. Na Educação Infantil até o 5º ano, por exemplo, “Amigos da Bíblia” vai reunir crianças por faixa etária que usarão materiais produzidos pelo Ministério da Criança e do Adolescente. O projeto se completa com uma “sala de oração” para os pais. “As famílias chegam apressadas para deixar seus filhos. Por isso, uma vez por semana, vamos oferecer um lanche, um pensamento bíblico e orar por elas”, informa o diretor da unidade, professor Márcio Rocha que dirige 1,4 mil alunos. A sala será ambientada com livros e revistas em displays para serem levadas para casa.

No atendimento aos universitários vai funcionar o “Papo Esperança” que aproveita a sexta-feira à noite que não tem aulas para o superior. “Será uma classe bíblica diferente, temática e descontraída para suscitar interesse da moçada universitária, descolada e pós-moderna”, ressalta o pastor Jetro Ortega, o organizador do projeto. Seguindo o formato criativo e provocador, “Discovery” será a proposta para os domingos às 19h a ser liderada por Ricardo Dobelin Barros, gestor em tecnologia da IBM Corporate. “O objetivo é avivar o interesse bíblico a partir de temas atuais como Avatar, Pandora e Impacto Profundo”, revela Barros que também é professor do IASP. E, adianta a estratégia: End & Begin para ensinar a doutrina do batismo, Código Penal para os Dez Mandamentos e 2012 para falar da Volta de Cristo [Equipe ASN, Jael Eneas].

Cátia Reis (preto) foi batizada no Dia dos Amigos da Esperança, fruto da amizade da classe 26 e influência de seu esposo, o fotográfo Sérgio (camisa azul) e sua filha Júlia, do 7o. ano A do IASP. À extrema esquerda, pastor Adalton Martins Ferreira e Heber Mascarenhas, extrema direita.

Recepção e almoço para gestores da Diretoria de Gestão de Pessoas da Prefeitura Municipal de Hortolândia, SP, no Restaurante do IASP, dia 16 de abril. O momento aconteceu devido a amizade desenvolvida com alunos-estagiários do curso de administração que atuam no setor.

Protótipo de folder a ser desenvolvido para promover uma das classes bíblicas temáticas com objetivo de estudar a Bíblia e fidelizar a amizade cristã, a partir da Semana Santa, no IASP.